Atenção ao paciente portador de doença crônica

Um dado do portal saúde business diz que “Apenas 38% dos hospitais brasileiros oferecem serviços para doentes crônicos e somente 14% utilizam métricas para identificar o prognóstico na gestão desses pacientes.

De acordo com o Centers of Disease Control and Prevention, a taxa de obesidade, por exemplo, triplicou nos últimos 20 anos em faixas etárias entre 2 e 11 anos e ainda mais entre 12 a 19 anos.

Isso significa que a cada 3 crianças nascidas hoje, uma irá desenvolver o diabetes se não forem tomados os devidos cuidados segundo os dados da American Diabetes Association.

Aqui no brasil, o IBGE aponta que 31,3% da nossa população têm alguma doença crônica.

Dentre elas temos a hipertensão  com 14%, problema de coluna ou costas com 13,5%, artrite ou reumatismo com 5,7%, bronquite ou asma com 5%, depressão com 4,1%, doença de coração com 4,0% e diabetes com 3,6%, e esse índice aumenta na idade mais produtiva de 35 anos ou mais.

As doenças crônicas se não administradas, podem levar à morte ou deixar o seu portador com algum tipo de limitação motora.

Os gastos com o tratamento oneram, não só o bolso da pessoa portadora da doença crônica, mas também de todo o sistema de saúde.

A In Health Care oferece o serviço de saúde 360. A gestão da saúde para empresas, operadoras e seguradoras de saúde, que se preocupam em estabilizar, diminuir e gerenciar as complicações das doenças crônicas de seus colaboradores ou beneficiários.

Facebook
LinkedIn
Instagram
Open chat